+55 (67) 3384-2048
Segunda, 11 de Dezembro de 2017

Sinmed lamenta fechamento da residência e setor psiquiátrico da Santa Casa

05 SET 201710h02
Contabilidade

O Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul vem a público externar indignação e tristeza em virtude do possível fechamento do setor de psiquiatria da Santa Casa.

Essas pessoas, com a saúde mental debilitada não podem ficar desassistidas, não podem ser excluídas por uma alegação insensata de que não dão lucro ao Hospital e causam “prejuízo”.

Nos últimos anos o número de leitos já foi reduzido drasticamente, restando apenas 10 na Santa Casa, 12 no Hospital Regional e 30 leitos no Nosso Lar.

Segundo o psiquiatra, Juberty Antônio de Souza, a Santa Casa tornou-se referência no país pela agilidade, pela eficácia do tratamento ao doente psiquiátrico, além de servir de Unidade de Ensino, onde foi instalado o primeiro programa de residência em psiquiatria no centro-oeste.

Portanto, o fechamento da residência e setor psiquiátrico da Santa Casa é uma crueldade com os pacientes, residentes e médicos que se dedicam dia e noite a estas pessoas.

A situação é muito delicada, o resultado disso pode ser trágico. “Desta forma os pacientes ficam sem atendimento, sem tratamento, engrossando a população na (da) rua ou do sistema penitenciário, privados do primeiro direito que é o de ser reconhecido como gente e como gente ser tratado”declara Juberty.
 

Comentários
Veja Também
canais comunica
300x100
300x100 dothshop