ANS quer que operadoras paguem por remédios








agência vai propor uma discussão para o próximo ano para que o benefício do medicamento seja incorporado de alguma forma




A proposta de que planos de saúde financiem medicamentos de uso domiciliar, além da assistência médica e odontológica é defendida pelo presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Maurício Ceschin. 


De acordo com o executivo, a agência vai propor uma discussão para o próximo ano para que o benefício do medicamento seja incorporado de alguma forma.


Ceschin também defendeu que os planos contribuam para o SAMU, atendimento de urgência feito por ambulâncias do Sistema Único de Saúde. E que façam aportes no Sistema Nacional de Transplantes, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Adicionar comentário