RJ: nova diretoria do sindicato toma posse

    Recém-eleita para três anos de mandato, a nova diretoria do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro tomou posse nesta quinta-feira (05), em evento realizado no Hotel Mundo, na Praia do Flamengo. Presidentes das mais importantes entidades médicas do Rio de Janeiro prestigiaram o evento, entre eles, Sidnei Ferreira, do Conselho Regional de Medicina (Cremerj); José Ramon Varela Blanco, da Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj); professor Pietro Novellino, da Academia Nacional de Medicina (ANM), e Marília Abreu Silva, da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro. Também a Federação Nacional dos Médicos foi representada pelo seu presidente, Geraldo Ferreira, e o Conselho Federal de Medicina pelo vice-presidente, Aloísio Tibiriçá. Estiveram também presentes o vice-presidente do Cremerj, Nelson Nahon, o professor Sérgio Novis, membro da ANM e chefe do setor de Neurologia da Santa Casa de Misericórdia e representantes da Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (Denem).

    O auditório ficou lotado com a presença de representantes não só das entidades médicas, mas também de várias instituições da sociedade civil organizada e parlamentares fluminenses, entre eles a deputada estadual Enfermeira Rejane (PC do B). O diretor do SinMed/RJ, José Romano, foi o mestre de cerimônia.

    O presidente do SinMed/RJ, Jorge Darze, abriu a solenidade agradecendo pelo apoio que recebeu das demais entidades médicas, de parlamentares, funcionários e familiares da diretoria do sindicato durante a última gestão. Ele aproveitou também para destacar a filiação do sindicato à Confederação Médica Latino-americana e do Caribe (Confemel) como um importante passo rumo ao fortalecimento das bandeiras de luta da instituição.

    “Tenham a certeza de que esta diretoria, que hoje toma posse, tem consciência da sua responsabilidade diante das adversidades dos médicos brasileiros que atuam tanto no setor público quanto no privado. Ainda temos muitos quilômetros a percorrer. E percorreremos”, ressaltou.

    O Presidente da Fenam, que completou 40 de fundação, destacou a importância do SinMed/RJ no movimento médico nacional: “O Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, hoje, é um dos principais sindicatos médicos do Brasil, que serve de exemplo para as demais entidades”. Já o presidente do Cremerj ressaltou a unidade entre as duas entidades diante da grave conjuntura nacional.

    O Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro completa este mês 86 anos de existência.
 

Adicionar comentário