Vitória! SIMES ganha queda de braço com o governo do Estado

     Mais uma batalha vencida pelo Sindicato dos Médicos do Espírito Santo . Após vários dias de intensa pressão inclusive com 3 dias de paralisação do atendimento no DML de Vitória

     Os médicos legistas do DML de Vitória decidiram fazer a paralisação na noite desta segunda-feira (24). Eles reivindicavam melhores condições de trabalho e salário igual ao dos médicos da Secretaria de Saúde do estado (Sesa), pois alegam que o pagamento é o pior do país para a categoria. Atualmente, a categoria recebe R$ 4.200,00 e almeja a remuneração de R$ 6.500,00, que é o salário dos médicos da Sesa. Ambos trabalham 20 horas semanais.

.   Na tarde desta quinta-feira(27), chega ao fim a paralisação dos médicos do Departamento Médico Legal (DML)do ES. A decisão foi tomada, segundo o advogado do sindicato dos médicos, Télvio Valim, após uma reunião com o secretário da Saúde, Tadeu Marino .

    A previsão, segundo o sindicato dos médicos do Espírito Santo , é de que os trabalhos voltem ao normal dentro dos próximos dias.
 
    O Chefe de Polícia foi literalmente isolado das negociações com os médicos legistas. A greve começou, terminou e as negociações foram feitas com o Secretário de Saúde, Tadeu Marino. O diálogo venceu a truculência e as ameaças. Como diz Gilberto Gil "a força bruta é a fonte da força neutra."

Adicionar comentário