RS: paralisação em São Leopoldo começa nesta segunda-feira com manifestação

A paralisação dos médicos estatutários do Hospital Centenário de São Leopoldo e os da rede de postos do município começa nesta segunda-feira (15), com ato a partir das 10h, em frente ao hospital (Avenida Theodomiro Porto da Fonseca, 799). A previsão é que a manifestação reúna o quadro que atua no Centenário (também enfermeiros, técnicos e demais ocupações) e servidores de outros segmentos do município. Com o ingresso dos médicos, o movimento só aumento, pois as demais categorias já estavam paradas.

As reivindicações abrangem fim dos atrasos no pagamento dos salários (que ocorrem há nove meses) e contratação de mais servidores. Os médicos aprovaram a paralisação em assembleia extraordinária na quarta-feira (10). O Sindicato Médico do RS (SIMERS) e a Associação dos Médicos do Centenário (AMHCE) esclarecem que os atendimentos de urgência e emergência serão mantidos. Casos sem gravidade e cirurgias eletivas dependerão da estrutura disponível. O Centenário é o único hospital de São Leopoldo.

Adicionar comentário