FENAM busca retorno das gratificações aos médicos federais

A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) participou de novo encontro no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, em Brasília, no último dia 14, para tratar do retorno das gratificações aos médicos federais.

O encontro teve como escopo trazer mais celeridade à solução da injustiça. O corte das gratificações resultou em prejuízos aos médicos que chegam a aproximadamente R$ 2000 por mês.

Ficou decidido neste encontro que será tentado, por meio da ajuda da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), um encontro entre o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e o ministro do Planejamento, Valdir Simão, visto que o primeiro foi o antecessor de Simão na pasta.

Participaram do encontro o secretário de Comunicação da FENAM, Jorge Darze, e o presidente da Comissão de Assuntos Políticos da FENAM (CAP FENAM), Eglif de Negreiros.
 

Adicionar comentário