Pacientes e médicos sofrem com superlotação no HU

Os hospitais de Campo Grande possuem 2.273 leitos, segundo o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), 1.388 deles são destinados ao SUS. 
Nesta última terça-feira (22), pacientes do Hospital Universitário denunciaram a superlotação no pronto atendimento. A direção do hospital esclareceu, em nota, que o pronto-socorro possui 26 leitos e que naquele momento recebeu 63 pacientes – 37 a mais que a capacidade. 
O presidente do Sinmed-MS, Flávio Freitas, lamenta este cenário recorrente nos hospitais e frisa que esta falta de estrutura reflete muito no atendimento ao paciente. 

Adicionar comentário