13 filmes sobre Medicina

1 – O Médico (2013)

Por que devo assistir? O filme, que foi inspirado no livro homônimo de Noah Gordon, apresenta um capítulo importante da história da medicina no qual a medicina medieval estava defasada devido a uma associação errônea de doenças com o sobrenatural. Por outro lado, o mundo árabe vivia uma época de ouro na ciência com a leitura dos clássicos gregos e romanos. A medicina árabe também era, devido a isso, mais avançada e calcada em evidências do que a medicina ocidental. Além de mostrar essa parte histórica, o filme ainda mostra com muita sensibilidade, histórias de pessoas que dedicam a vida na busca pelo conhecimento sobre o ser humano e suas moléstias e sua luta para cuidar e curar de outras pessoas.

2 – Hipócrates – diário de um médico francês (2014)

Por que devo assistir? O filme mostra como o sonho de ajudar as pessoas pode ser atrapalhado por uma dura rotina em um hospital. Disputa de egos, burocracia inexperiência são dramas de milhares de médicos recém formados e o filme usa o realismo do cinema para expor esses problemas ao espectador.

3 – Resistence – (2014)

Porque devo assistir? A resistência de bactérias a antibióticos foi considerado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) uma ameaça global que está atingindo, segundo relatório da instituição, milhões de pessoas em várias regiões do mundo. Estudos mostram que o planeta se encaminha para uma era pós-antibiótico em que pessoas morrerão por infecções simples que são tratadas há décadas. Ver esse documentário ajuda a entender como chegamos até aqui e o que fazer para combater o problema. Ter conhecimento sobre o assunto é essencial na carreira médica.

4 – Mãos Talestosas (2009)

Por que devo assistir? A história do neurocirurgião Ben Carson é mais do que um filme sobre um brilhante médico. É uma história de superação da pobreza e busca pela perfeição na carreira médica. Carson de um menino pobre virou o diretor do Departamento de Neurocirurgia Pediátrica do Hospital John Hopkins e entrou para a história da medicina devido a um acontecimento marcante em sua carreira. Esse acontecimento você pode conferir ao assistir esse excelente filme que ainda tem o ator Cuba Gooding Jr. interpretando Ben Carson.

5 – Alive Inside – uma história de música e memória (2014)

Por que devo assistir? A música como terapia para idosos com Mal de Alzheimer. O premiado documentário explora esse tema de maneira incrivelmente sensível e ao mesmo tempo direta. Vemos através da tela idosos em estado crítico da doença ter um lapso de vida ao escutar música. É difícil acreditar no que vemos diante dos olhos. O documentário nos mostra ainda a importância das memórias para as individualidades de cada paciente e como essas lembranças os conectam com as pessoas que amam e com a realidade a sua volta. O documentário, que tem pouco mais de uma hora de duração, conta com entrevistados renomados como o médico neurologista Oliver Sacks e o músico Bobby McFerrin. De tão bom o documentário mereceu um post só dele aqui no blog da LAHUM confira.

6 – Paixão Obsessiva (2011)

Por que devo assistir? Quando o limite ético é ultrapassado na relação médico-paciente ambas as partes correm grande perigo. O filme nos coloca nesse dilema ético que se passa dentro de um hospital. De uma atração inicial o desejo do médico Martin Blake, interpretado por Orlando Bloom (famoso por “Piratas do Caribe”), vira obsessão quase doentia.

7 – Tempo de Despertar (1990)

Por que devo assistir? O filme conta um episódio da vida de um dos médicos mais respeitados do mundo devido a prática da boa medicina: o neurologista Oliver Sacks. Em uma clínica médica pacientes estão em coma a mais de 30 anos. Passando por tratamentos inúteis e totalmente negligenciados pela equipe médica local, o Dr. Malcolm Sayer (interpretado por Robin Williams e inspirado em Oliver Sacks) não estava disposto a deixar a situação continuar assim. Usando todo o seu conhecimento a favor dos pacientes o médico consegue “despertar” os pacientes do coma. A sequência de eventos após esse fato mudam a vida de todos e mostra como a medicina feita com humanidade muda a todos, inclusive quem a pratica.

8 – Ilegal (2014)

Por que devo assistir? Até onde algo que é legal judicialmente é moralmente justo? Essa é a pergunta central do documentário Ilegal que mostra a batalha de uma mãe para utilizar um princípio ativo da maconha para fins medicinais. Atualmente várias decisões judiciais no Brasil são favoráveis ao uso, mas essa conquista se deve muito ao documentário que contribuiu para o debate sobre o uso da maconha para tratamentos médicos.

9 – Clube de Compras Dallas (2013)

Por que devo assistir? Para muitos estudantes de medicina atualmente a era negra da epidemia de AIDS no mundo faz parte somente dos livros de história. Na década de 80 milhares morreram sem receber tratamento médico adequado, sem contar em todo o preconceito que girava em torno da doença na época. Esse premiado filme cumpre esse papel: nos mostra a dura realidade do período por meio da história de Ron Woodroof em busca da sobrevivência a qualquer custo, nem que isso representasse criar uma rede de tráfico de medicamentos de combate ao vírus HIV. Outros motivos que fazem valer a pena assistir: a história é contada de maneira original, hiper realista e sem apelação ao drama e ainda temos a oportunidade de ver o ator Matthew Mcconaughey (de Interestelar) em um de seus melhores papéis no cinema.

10 – My Beautiful Broken Brain (2016)

Por que devo assistir? É um dos poucos documentários originais do Netflix e, para quem conhece, sabe que da qualidade das produções que a rede de vídeos por Streaming assina. Além disso mostra todo o drama de uma mudança radical na vida de uma jovem após um acidente vascular cerebral do tipo hemorrágico, tipo de caso comum de se encontrar durante a carreira médica. Ver o drama de um paciente tão de perto pode ser útil para respeitarmos ainda mais o sofrimento dos pacientes que passaram por esse problema. Além é claro, da experiência de ver a repercussão neurológica da doença o que torna mais interessante o estudo da fisiologia do sistema nervoso central.

11 – O Escafandro e a Borboleta (2007)

Por que devo assistir? Assim como o documentário anterior, esse premiado filme nos apresenta de maneira audiovisual mais sobre a neurofisiologia. Conhecemos a rara doença chamada de Síndrome do Encarceramento em que os movimentos do corpo inteiro são paralisados mas as faculdades mentais se mantêm intactas. Essa consciência de sua condição aliada ao seu talento com a escrita – e um método de escrita que utiliza seu único movimento – o do olho esquerdo – fez com Jean-Dominique Bauby escrevesse um livro autobiográfico chamado O Escafandro e a Borboleta que traz narrativas incríveis sobre a vida e sobre sua condição de saúde. O livro é um best-seller mundial e inspirou o filme que você tem a oportunidade de ver no NetFlix.

12 – Um estranho no ninho (1975)

Por que devo assistir? Primeiramente porque é um clássico do cinema, um dos filmes mais amados de todos os tempos e porque é uma das melhores atuações do gênio Jack Nicholson. Segundo o filme nos mostra como a saúde mental era tratada até poucas décadas atrás: com base em medicações sedativas, castigos e rígidas regras padronizadas de tratamento. O personagem de Nicholson é internado e revoluciona a clínica psiquiátrica com sua irreverência e indisciplina melhorando até mesmo o estado de saúde dos outros internos.

13 – Na trilha do sol (1996)

Por que devo assistir? Assim como Tempo de Despertar o filme nos mostra como o contato com pacientes pode transformar realidades, tanto da pessoa que é tratada quanto do médico que está tratando. Tudo bem, o paciente dessa história não é um paciente tão comum assim mas ao longo da trama conhecemos mais do ser humano por trás do médico e do paciente.

 

Adicionar comentário