Você sabe a diferença entre Urgência e Emergência?

Urgência e emergência são termos muito comuns usados na Medicina, especialmente quando se trata de acidentes. Apesar de parecidas, possuem significados bem diferentes. Você sabe a diferença entre elas? a Resolução 1451, de 1995, do Conselho Federal de Medicina define:

Urgência é a ocorrência imprevista de problema de saúde sem risco potencial de morte, em que o paciente necessita de assistência médica.

Emergência é a constatação médica de risco à saúde que impliquem em possibilidade de morte ou sofrimento intenso, exigindo, portanto, tratamento médico imediato.

Segundo Flávio Freitas Barbosa, presidente do Sinmed – MS, a maioria da população não sabe que para cada tipo de gravidade existe uma opção de atendimento. Nos casos de menor gravidade, como dores leves, mal estar, tosse, o paciente pode optar por atendimento em Unidades Básicas de Saúde (UBS), ambulatórios.

Já nos casos mais graves ou urgentes, como febre alta, dores no peito, o ideal é ir ao pronto-atendimento (UPA).
Quanto aos casos de elevada gravidade ou emergência, como acidentes de trânsito, ferimentos por armas brancas ou de fogo, AVC, o paciente deve ser encaminhado imediatamente ao pronto-socorro.

“Normalmente o paciente procura o pronto-atendimento, mesmo nos casos de menor gravidade, como, uma gripe, dor de cabeça ou até mesmo para uma simples consulta, mas o que ele não sabe é que isso acaba prejudicando o atendimento médico como um todo, o ideal nesses casos seria procurar uma UBS“, explica Flávio.

Adicionar comentário