“Os dias são difíceis, mas seguimos confiantes”, diz presidente do Sindicato dos Médicos de MS

Em meio a uma crise pandêmica, entre vários outros problemas enfrentados no dia a dia, a classe médica continua firme e convicta de seus propósitos e compromisso com a população. “Hoje é o dia dos médicos e mais que celebrar a data é preciso refletir sobre toda dedicação e empenho destes profissionais, neste momento de conflito e incertezas o qual estamos passando. Os dias são difíceis, mas seguimos confiantes”, afirma o presidente do SinMed- MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul), Marcelo Santana.

Ele relembra que o caos causado pela Covid-19 deixou muitas sequelas, mas por outro lado evidenciou a importância dos médicos e todos os profissionais da saúde que se dedicaram sem medir esforços, no combate pela vida. “Passamos por um período drástico, sem precedentes, ficamos mais sobrecarregados do que já estávamos, mas fizemos de tudo para que o impacto da pandemia fosse o menor possível”, diz o presidente.

Muitas vezes com salários atrasados e dentro de um sistema de saúde deficiente, os médicos e toda equipe multidisciplinar que já desempenhavam rotinas exaustivas, se prontificaram a arriscar suas vidas e enfrentar um inimigo desconhecido, cumprindo corajosamente o juramento que fizeram, de salvar vidas.   

“Esta pandemia serviu para mostrar o que estava oculto e a real importância dos médicos e profissionais da saúde que atuam tanto no serviço público quanto no particular. O que muito se acreditava que a deficiência do sistema poderia estar relacionada aos profissionais, ficou provada que não. As falhas estão relacionadas ao sistema em si. Por isso, hoje neste dia tão importante para nós médicos, venho agradecer o empenho de todos os profissionais da saúde e assim ressaltar que estes devem ser valorizados, para que possam continuar atuando com a mesma determinação de sempre, em prol de uma saúde de qualidade à população. Aos médicos de Mato Grosso do Sul e todo Brasil, nossos parabéns”.

Adicionar comentário