SinMed-MS fecha acordo coletivo com Santa Casa de Campo Grande

O SinMed MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul), assina acordo coletivo de trabalho com a Santa Casa de Campo Grande, após seis anos sem possibilidades de reajuste. O acordo vai obedecer aos salários normativos da categoria a partir do dia 01 de outubro de 2021, para os médicos celetistas.

“Finalmente conseguimos chegar a um consenso após anos de negociação e sem correção para categoria. Tivemos um longo período de debates e sabemos que o reajuste ainda está longe do ideal, mas entendemos que este foi o que estava dentro da realidade de cumprimento da Santa Casa”, explica o presidente do SinMed-MS, Marcelo Santana.

Ele acrescenta também que dos anos de 2016 até a data do atual acordo, serão debatidos para que a categoria receba o que está em atraso. “Para não ficarmos mais um ano sem reajuste concluímos a negociação referente a 2021/2022. Agora, formaremos uma comissão para discutirmos o que ficou dos anos anteriores. Afinal este é um direito dos profissionais que mesmo com os salários defasados continuaram suas atividades, atuando de forma ainda mais intensa, já que tivemos que enfrentar uma grave pandemia neste período”, avalia Marcelo.

 Os reajustes da atual negociação se deram da seguinte forma: 3,6% a partir do salário de primeiro de outubro de 2021, calculando, portanto, sobre o salário do mês de outubro deste ano, acrescido de 1,93%, a ser concedido a partir de primeiro de janeiro de 2022, totalizando assim 5,53% de reajuste.  A diferença dos meses retroativos (10/21 a 12/21 e 13°/21), serão pagos parcelados em 4x com pagamento a partir da folha de janeiro.  

Adicionar comentário