+55 (67) 3384-2048
sábado, 06 de junho de 2020

Núcleo da FENAM analisa mobilização contra planos de saúde e deliberações do CADE

08 AGO 2012Por: Fenam18h44
A mobilização nacional contra planos de saúde, prevista para outubro deste ano, foi um dos assuntos debatidos na reunião do núcleo executivo da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), realizada nesta segunda-feira (6), em Brasília. As propostas apresentadas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) sobre os critérios nas paralisações organizadas pelas entidades médicas também foram alvo dos debates.

A autarquia proíbe que as entidades médicas imponham paralisações por tempo indeterminado, descredenciamento em massa, punição aos médicos que não participem dos protestos e cobrança adicional nos valores das consultas. Reuniões realizadas nas últimas semanas entre o órgão e entidades médicas buscam um acordo entre as partes. "Antes de tomarmos qualquer decisão em relação ao CADE, vamos consultar o jurídico, conversar com as outras entidades médicas e debater com os sindicatos as propostas apresentadas, com nossas devidas ponderações," explicou o presidente da FENAM, Geraldo Ferreira.

Piso FENAM

Durante o encontro os dirigentes decidiram criar uma Campanha Nacional do Piso FENAM, com o objetivo de divulgar e massificar a luta pelo valor preconizado pela entidade, estipulado atualmente em R$ 9.813,00, para uma jornada de trabalho semanal de 20 horas. Esse valor passou a vigorar em primeiro de janeiro deste ano e serve como referência para orientar as negociações coletivas de trabalho nas bases dos sindicatos médicos de todo o país. O valor é resultante da atualização monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulado em 2011, de 6,08%.

Pauta extensa


A pauta da reunião do núcleo também envolveu temas como o Código 7, a proposta de iniciativa popular que destina 10% da receita da União para o setor saúde e as atividades das secretarias de comunicação, jurídica e de finanças, entre outros assuntos.

Núcleo

O núcleo da Federação Nacional dos Médicos é responsável pelas principais ações da entidade. É formado pelo presidente, Geraldo Ferreira Filho, vice-presidente, Otto Fernando Baptista, secretário-geral, João Batista de Medeiros, secretário de finanças, Cid Célio Jayme Carvalhaes, secretário de assuntos jurídicos, Vânio Cardoso Lisboa e secretário de comunicação, Rodrigo Almeida de Souza.

Na reunião desta segunda-feira(6), o presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná, Mario Ferrari, foi um dos convidados da reunião, como permite o regimento interno da entidade.

Planejamento Estratégico

Nos próximos dias 16 e 17 de agosto, o planejamento estratégico da FENAM será debatido com toda a diretoria da entidade. Representantes de sindicatos médicos também podem participar do encontro que norteará todas as estratégias da nova diretoria, empossada no dia 1º de julho.
Comentários
Veja Também