+55 (67) 3384-2048
sexta, 29 de maio de 2020

Boletim COMSU: médicos avaliam movimento e apontam novas mobilizações

26 JUL 2012Por: Comsu06h59
SESCON SINMED
Passados três meses de negociação após a advertência dada às operadoras dos planos de saúde, em mobilização de 25 de abril, entidades e associações médicas aprovaram um indicativo de nova e possivelmente mais amplo protesto nacional em outubro.

O movimento médico avalia que há avanços nas negociações com os planos de saúde desde as últimas mobilizações -7 de abril e 21 de setembro de 2011 e em 25 de abril de 2012-, em que médicos suspenderam atendimentos aos planos e realizaram atos públicos. Os médicos entendem, porém, que osa vanços alcançados ainda são insuficientes.

A Comissão Nacional de Saúde Suplementar (Comsu), composta por representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Médica Brasileira(AMB) e Federação Nacional dos Médicos (FENAM), critica as propostas de reajustes nos honorários dos médicos feitas pelas operadoras, em alguns casos tidos como "pífios". Os médicos ainda alertaram para a necessidade de corrigir as defasagens acumuladas nos últimos anos e de estender os reajustes das consultas também aos procedimentos.

A Comsu apontou para a continuidade das negociações com as operadoras, a realização de assembleias nos estados entre julho e agosto e para um ndicativo de protesto nacional em outubro, mês em que se comemora o Dia do Médico.
Comentários
Veja Também