+55 (67) 3384-2048
terça, 07 de julho de 2020

Cursos de Medicina são fechados pelo MEC

17 JUN 201000h00
SESCON SINMED
O Ministério da Educação (MEC) instaurou processo administrativo no dia 15 de junho para desativar três cursos de medicina. A decisão foi publicada no Diário Oficial determinando a suspensão de novos vestibulares na Universidade de Santo Amaro, em São Paulo, Universidade de Uberaba, em Minas Gerais e Centro Universitário Nilton Lins, em Manaus.

Ao todo as três universidades oferecem 240 vagas para os cursos de medicina. Estas instituições fazem parte de um grupo de 17 cursos de medicina que tiveram um desempenho abaixo da média durante o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) realizado no ano de 2007.

A Universidade de Uberaba já recorreu da decisão, as outras duas instituições deverão fazer o mesmo nos próximos dias. A universidade Nilton Lins que a instituição tem plenas condições de funcionamento.

O Ministério da Educação determinou também a redução no número de vagas oferecidas pela universidade Luterana do Brasil de 100 para 80. De acordo com a reitoria a medida será positiva, uma vez que a redução no número vagas era uma reivindicação antiga dos alunos de medicina.

Outro centro que teve o número de oportunidades reduzido foi a Universidade Metropolitana de Santos, que passou a oferecer 60 vagas. Segundo sua assessoria de imprensa este número representa um acréscimo de dez vagas, uma vez que  em 2009 a universidade havia sido penalizada e passou na oferecer 5o vagas.

Em 2010 o ministério cortou 570 vagas em universidades de todo o país.

Comentários
Veja Também