Reunião do Conselho Científico

    No último dia 25 de março, o Conselho Científico se reuniu na Associação Médica Brasileira (AMB) para discutir sobre a situação da saúde brasileira. A mesa diretora foi composta pelo presidente da AMB, Florentino Cardoso; o diretor científico Edmund Baracat; o 1º tesoureiro José Bonamigo e pelo 1º secretário Antônio Salomão.

Programas de Apoio à Saúde

    Na pauta do encontro, tratou-se a respeito dos projetos desenvolvidos e apoiados atualmente pela entidade, com destaque para um balanço parcial do “Caixa-Preta da Saúde” e a Campanha Médicos Pela Verdade.
O Caixa-Preta, lançado recentemente, vem obtendo bons resultados e sendo destaque na imprensa. José Bonamigo convidou a todos os presentes para apoiarem a causa e divulgarem o programa em suas mídias sociais. “Estou muito contente com as respostas aos projetos, 75% das pessoas que visitam a página voltam, ou seja, gostaram e querem acompanhar a situação da saúde no Brasil”.

    Já o “Médicos Pela Verdade” visa a arrecadação de recursos necessários para contratação de importantes serviços de comunicação para uma grande campanha de valorização da medicina brasileira e atendimento à saúde de qualidade. Ambos os projetos estão em discussão de ampliação e de novas propostas para ajudar de maneira concreta o país.

     Além desses projetos, foi apresentado pelo diretor de Proteção ao Paciente, Rogério Toledo Jr, um esboço de um novo site, “Uma Segunda Opinião”. O objetivo do programa é, de maneira rápida e objetiva, melhorar os resultados dos diagnósticos, sem margem de erros. O programa ainda está em fase de discussão, mas a expectativa é positiva. “As pessoas procuram uma segunda opinião e o site vai proporcionar diagnósticos com melhores resultados, com análise de especialistas”, disse o diretor, que ressaltou a importância do caráter presencial na implementação.

Política Médica

     Bonamigo também atualizou os presentes a respeito da situação atual da Comissão Nacional de Residência Médica, demonstrando preocupação pelas intervenções do Ministério da Saúde nos rumos dos programas de Residência Médica. “Há um objetivo claro que se observa no Governo atual de estatizar a especialização da saúde”, afirmou.

    Também na pauta, foi comentada a participação do Presidente da AMB, Florentino Cardoso, no programa Roda Viva, da TV Cultura, no dia 10 de março. Cardoso foi incisivo sobre os pontos críticos do programa Mais Médicos, as condições a que os profissionais cubanos estão sendo submetidos, a falta de revalidação do diploma médico e o desrespeito às leis brasileiras, dentre outros assuntos da medicina. A postura do presidente foi elogiada e aplaudida em plenário.

     Durante o encontro, o 1º Vice–Presidente, Jorge Curi, aproveitou para anunciar sua candidatura na eleição para o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) e solicitar apoio aos colegas presentes.

Prêmio Profº Liberato Di Dio

    O Conselho Editorial da Revista da Associação Médica Brasileira (RAMB) escolheu os dois trabalhos vencedores do Prêmio Prof. Liberato Di Dio, edição 2012. O objetivo da premiação é estimular a divulgação da pesquisa clínica nacional.

    A AMB premiou no valor de R$ 3 mil os vencedores Flavia Mori Sarti, Marislei Nishijima, Antonio Carlos Coelho Campino e Denise Cavallini Cyrillo, autores do artigo “A comparative analysis of outpatient costs in HIV treatment programs”, realizado na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).

    Os pesquisadores Dario Jose Hart Pontes Signorini, Michelle Carreira Miranda Monteiro, Maria de Fatima Castro de Andrade, Dario Hart Signorini, Walter de Araújo Eyer-Silva, com o artigo “What should we know about metabolic syndrome and lipodystrophy in AIDS?”, realizado no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, RJ, ficaram em segundo lugar, com a premiação de R$ 2.000,00.

Adicionar comentário