Médicos de Natal decretam greve e realizam manifestação

    Os médicos da rede municipal de saúde realizaram na manha desta terça-feira (20), uma manifestação em frente à maternidade das Quintas, para marcar a paralisação de advertência de 24h. Após audiência com o secretário de saúde, Cipriano Maia, na tarde de ontem, e assembleia à noite, os profissionais votaram pela greve que terá início na próxima segunda-feira, dia 26.

    Cerca de 30 médicos participaram da manifestação e discursaram para esclarecer à população sobre os motivos que desencadearam a paralisação, sendo o principal a cobrança por melhores condições de trabalho.No diálogo com o secretário foi afirmada a impossibilidade da incorporação de parte das gratificações aos salários dos médicos. A proposta do governo é readequação das gratificações e aumento de 5,5% para todos os servidores da saúde municipal. O SINMED-RN envia ainda hoje uma contraproposta para a SMS.

     Uma nova assembleia foi marcada para a próxima segunda-feira, às 19h, no sindicato dos médicos para a organização de um calendário de manifestações. Um novo ato público já está marcado para a terça-feira (27), às 9h, em frente à Assembleia Legislativa.

Adicionar comentário