Médicos mantém mobilização e apoio à greve

A assembleia dos médicos do município, realizada na noite desta quarta-feira (06), no Sindimed não deflagrou greve específica e manteve a decisão anterior de permanecer na mobilização em apoio aos demais servidores municipais.

Os profissionais decidiram, por sugestão do Sindicato, desenvolver uma campanha de mídia nos moldes do que foi feito em relação ao Estado, há quatro anos, denunciando as condições de atendimento e trabalho na rede municipal.

Enquanto a campanha está em fase de produção, será feito um levantamento da situação e dos problemas das unidades de saúde específicas, com a programação de paralisações pontuais em cada uma delas.

A assembleia criticou com veemência a atitude da Prefeitura em não responder aos ofícios encaminhados pelo Sindicato buscando a via da negociação para evitar a desassistência da população. Os médicos denunciam a falta de respeito com a categoria, ao tempo em que o Sindimed vai reiterar as solicitações de audiência com o secretário municipal de Saúde.

Adicionar comentário