FENAM tenta diálogo com INSS para resolver impasse dos peritos

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Otto Baptista, esteve nesta terça-feira (2) com a presidente do INSS, Elisete Berchiol da Silva Iwai, na sede do órgão, em Brasília. O objetivo da reunião foi tentar retomar o diálogo com o governo a respeito da greve dos médicos peritos, que completa praticamente 90 dias de paralisação da categoria.

Participaram da reunião o Procurador Chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS, Alessandro Antônio Stefanutto, o Secretário de Comunicação da FENAM, Jorge Darze, o diretor de Assuntos Jurídicos, Eglif Negreiros, o presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP), Francisco Eduardo Cardoso, o vice-presidente da ANMP, Samuel Abranques de Oliveira, o conselheiro fiscal, Luiz Carlos de Teive Argolo.

A principal solicitação dos peritos é a regulamentação da redução da jornada de trabalho para 30 horas, que já foi regulamentada por portaria, além das questões de condições de segurança no trabalho. Não há ainda solução para o impasse que afeta 4.500 trabalhadores do INSS e um milhão de segurados.

Confira à nota de esclarecimento à população sobre a greve dos médicos peritos da Previdência Social

Adicionar comentário